Sepúlveda diz que Cármen Lúcia não indicou se pretende pautar pedido - Dia News Brasil - Noticias Online e Noticias do Brasil

ULTIMAS

Publicidade

quarta-feira, 14 de março de 2018

Sepúlveda diz que Cármen Lúcia não indicou se pretende pautar pedido


Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou nesta quarta-feira (14) que a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, não indicou se pretende pautar em plenário o habeas corpus preventivo do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.

Tribunal Regional Federal da 4ª Região, Lula tenta, com o habeas corpus preventivo, evitar a prisão imediata depois de esgotados os recursos ao próprio TRF-4.

TRF-4 determinaram a prisão logo após a conclusão da tramitação – no próprio tribunal – dos recursos da defesa.

Outubro de 2016, segundo a qual a pena pode começar a ser cumprida após condenação em segunda instância da Justiça (caso do TRF). O habeas corpus preventivo impetrado pela defesa de Lula tem por objetivo evitar essa prisão.

Reuniu com Cármen Lúcia nesta quarta por cerca de 30 minutos no gabinete da presidência do STF.



FONTE: G1

Essa é mais uma Edição de Noticias Online do Dia News Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário