Exército liberou há 7 meses venda de armas como a que matou Marielle - Dia News Brasil - Noticias Online e Noticias do Brasil

ULTIMAS

Publicidade

sexta-feira, 16 de março de 2018

Exército liberou há 7 meses venda de armas como a que matou Marielle


Agentes de segurança no Brasil, como policiais civis e militares, comprem armas de calibre 9 mm para uso pessoal fora do trabalho. Foram munições deste calibre que mataram a vereadora Marielle Franco (PSOL) e o motorista Anderson Gomes, no Rio Janeiro, na quarta-feira (14).

Não podem usar este calibre durante serviço. Nas ruas, policiais militares usam pistolas calibre .40 como armas oficiais autorizadas.

Segurança própria, fora do serviço. Em 8 de agosto do ano passado, o Exército publicou a portaria número 967 que autoriza os agentes de segurança a comprarem até duas armas “da indústria nacional” de porte restrito para uso particular --além da 9 mm, foi liberada a aquisição de pistolas .357 Magnun, .40 S&W, e .45 ACP.

As categorias que podem adquirir essas armas para uso particular são:

Policiais rodoviários federais;
Policiais ferroviários federais;
Policiais civis
Policiais militares;
Bombeiros militares;
Integrantes das polícias legislativas do Congresso Nacional;
Auditores da Receita Federal;
Analistas tributários envolvidos na repressão de crimes.
A pistola 9 mm é adotada como arma-padrão por Exército, Marinha e Aeronáutica. A Polícia Federal (PF) usa a pistola .45, da fabricante norte-americana Glock, e pode ter autorização eventual do Exército para a compra e uso de armas 9 mm.



FONTE: G1

Essa é mais uma Edição de Noticias Online do Dia News Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário