Empresa dos EUA é acusada do 1º voo não autorizado - Dia News Brasil - Noticias Online e Noticias do Brasil

ULTIMAS

Publicidade

terça-feira, 13 de março de 2018

Empresa dos EUA é acusada do 1º voo não autorizado


Satélites na órbita terrestre. A companhia lançou quatro pequenas sondas, que seriam usadas para testes de uma rede espacial de conexão para a Internet das Coisas (ou Internet of Things — IoT). Os objetos foram juntamente com uma carga espacial de um Polar Satellite Launch Vehicle (PSLV), que saiu da Índia no dia 12 de janeiro.

Muito pequenas e poderiam causar problemas de segurança, segundo a FCC

Ano passado, quando a Swarm teve negada uma autorização para o envio de seus quatro SpaceBEEs (Basic Electronics Elements, ou “elementos eletrônicos básicos”), dispositivos de comunicação para a IoT. Um documento revelado pelo periódico científico IEEE Spectrum mostra que a Comissão Federal de Comunicações (ou Federal Communications Commission — ou FCC), órgão regulador da área de telecomunicações nos Estados Unidos, negou à Swarm o envio desses componentes, sob a justificativa de que era um risco potencial à segurança de outras naves devido ao pequeno tamanho dos mesmos.

Enviou uma nova mensagem, explicando que o status desse projeto ainda estava pendente e aguardava uma revisão do International Bureau, que é o braço internacional para assuntos globais da comissão, para o lançamento de quatro SpaceBEEs maiores e ajustados com as exigências — algo que poderia acontecer em abril.



FONTE: TECMUNDO

Essa é mais uma Edição de Noticias Online do Dia News Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário