Desempregados e sem teto, venezuelanos ocupam prédios públicos abandonados - Dia News Brasil - Noticias Online e Noticias do Brasil

ULTIMAS

Publicidade

quinta-feira, 15 de março de 2018

Desempregados e sem teto, venezuelanos ocupam prédios públicos abandonados



Segura um urso de pelúcia, mas não sorri. "Ela tinha cinco anos nessa época", conta o pai José Ramirez, de 41.

Que, desempregados e sem ter para onde ir, decidiram ocupar um prédio abandonado do governo do estado no bairro São Francisco, área nobre de Boa Vista.

Venezuelanos em Boa Vista

Sede da antiga Secretaria de Gestão Estratégica e Administração (Segad), tem graves problemas estruturais e corre até o risco de desabar, segundo a Defesa Civil estadual. Mesmo assim, há uma semana, o cenário por lá mudou. As salas viraram 52 quartos, divididos nos blocos 'A' e 'B'.

Grupo de venezuelanos também começou a usar, há cerca de um mês, o Teatro Carlos Gomes, no Centro da cidade, para guardar objetos e se abrigar da chuva. Nesta quarta-feira (14), a Polícia Militar esteve lá para tirá-los, mas entrou em acordo. Foi definido que o prédio não pode servir como abrigo, mas apenas como depósito, pois é inseguro.

Não há energia elétrica, e os corredores são escuros. As torneiras estão secas. A única fonte d’água – usada para matar a sede e para lavar roupas – são dois canos que vêm da rua.

Cômodas ou geladeiras. Muitas paredes estão pichadas com palavras e desenhos obscenos, marcas deixadas por invasores que, por anos, entraram e saíram do prédio abandonado.

Alimentação é, na maioria das vezes, garantida por doações de igrejas e de grupos da sociedade civil. Os banheiros também são improvisados, e é normal ver gente tomando banho no pátio interno, onde um cano esguicha água.



FONTE: G1

Essa é mais uma Edição de Noticias Online do Dia News Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário