Antes de ser preso, ex-seleção de basquete ficou 4 anos sem pagar pensão - Dia News Brasil - Noticias Online e Noticias do Brasil

ULTIMAS

Publicidade

sexta-feira, 16 de março de 2018

Antes de ser preso, ex-seleção de basquete ficou 4 anos sem pagar pensão



Ex-pivô da seleção brasileira de basquete Lucas Tischer ficou quatro anos sem pagar pensão alimentícia ao filho desde a decisão judicial, em 2009.

Ex-mulher o acionasse judicialmente, Tischer voltou a deixar de pagar a pensão por dois meses. Ele acabou preso na tarde de quinta-feira (15), após uma audiência sem conciliação entre as partes no Fórum de Franca (SP).

Novo relacionamento, casou-se e vive padrões altos com a família nova e a filha do novo casamento, e deixou em total abandono o filho”, diz o advogado.

Atleta, que pediu para não ter a identidade divulgada. Ainda segundo o advogado, o valor da pensão estipulado pela Justiça é de dois salários mínimos e meio, cerca de R$ 2,3 mil, e não R$ 4 mil, como disse o atleta ao ser preso.



FONTE: G1

Essa é mais uma Edição de Noticias Online do Dia News Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário